Menu

Eventos

O Supremo Tribunal Federal como Corte Constitucional Digital

O Supremo Tribunal Federal como Corte Constitucional DigitalO IBDP está promovendo o evento “O Supremo Tribunal Federal como Corte Constitucional Digital”. No dia 26 de abril a partir das 9h, o seminário será transmitido via YouTube no canal oficial do IBDP.⠀ ⠀ O evento é coordenado por Paulo Henrique Lucon e Alexandre Freire, moderado pela Rita Dias Nolasco, e abordará temas como as sessões virtuais do STF e como a inteligência artificial pode contribuir para o aprimoramento das Cortes Constitucionais. ⠀ ⠀ As inscrições estão abertas e são gratuitas. Somente os inscritos receberão certificado.  Clique aqui para se inscrever!    Confira a programação abaixo:  09h00 – 09h30 – Abertura e Apresentação da Grade Programática Dr. Paulo Henrique dos Santos Lucon Dr. Alexandre Freire  Dra. Rita Dias Nolasco 09h30 às 10h00 - Como a inteligência artificial pode contribuir para o aprimoramento das Cortes Constitucionais?  Dr. Paulo Henrique dos Santos Lucon 10h00 às 10h30 - O projeto inova/STF - Uma visão de futuro Dr. Pedro Felipe Santos  10h30 às 11h00 - Sessões virtuais de julgamento no STF - eficiência e accountability  Dr. Alexandre Freire  11h00 às 11h30 - O STF como Corte Constitucional de precedentes  Dra. Teresa Arruda Alvim 11h30 às 12h00 - Audiências Públicas e atuação dos amicus curiae por videoconferência  Dra. Paula Pessoa  12h00 às 12h20 - O projeto Victor no STF  Dra. Caroline Somesom  12h20 às 12h30 - Encerramento PROGRAMAÇÃO SUJEITA A ALTERAÇÕES

Desjudicialização da Execução

Desjudicialização da ExecuçãoNos dias 15 e 16 de março de 2021, o IBDP promoverá um seminário sobre a “Desjudicialização da Execução”. O evento, transmitido via YouTube, contará com a participação de grandes nomes do direito. A importância do tema decorre de dois Projetos de Lei que, se aprovados, irão retirar do Poder Judiciário as execuções em âmbito cível e as execuções fiscais (PL 6204/19 e PL 4.257/2019). Os projetos legislativos serão amplamente abordados ao longo do seminário. Assim como a experiência de Portugal, onde a execução já é desjudicializada. O evento é gratuito. Clique aqui para se inscrever!  Confira a programação abaixo:  Dia 15/03 – INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA DESJUDICIALIZAÇÃO 08h30 às 09h00 Razões da desjudicialização – Ministro Mauro Campbell Marques (Presidente de mesa: Cassio Scarpinella Bueno) 09h00 às 09h30 Panorama atual da desjudicialização – Flávia Pereira Hill (Presidente de mesa: Felippe Borring Rocha) 09h30 às 10h00 Desjudicialização autocompositiva, heterocompositiva e autotutelar – Heitor Vitor Mendonça Sica (Presidente de mesa: Larissa Pochmann da Silva) 10h00 às 10h30 Desjudicialização e perfil patrimonial do executado – Leonardo Carneiro da Cunha (Presidente de mesa: Eduardo Arruda Alvim) 10h30 a 10h45 – Intervalo 10h45 a 11h15 Desjudicialização da execução: a experiência portuguesa – Paula Costa e Silva (Presidente de mesa: Marcos Youji Minami) 11h15 às 11h45 Desjudicialização da execução fiscal – Ravi Peixoto (Presidente de mesa: Fernando Crespo) 11h45 às 12h25 Desjudicialização, normas processuais e garantias constitucionais – Luciano Vianna Araújo e Rogéria Dotti (Presidente de mesa: Sandro Gilbert Martins)   Dia 16/03 – DEBATES SOBRE O PL 6204/19 09h00 às 09h30 Apresentação dos principais pontos do PL 6204/19 – Joel Dias Figueira Jr e Flávia Ribeiro (Presidente de mesa: José Rogério Cruz e Tucci) 09h30 às 10h00 Propostas de aprimoramento do PL 6204/19 – Márcio Faria  (Presidente de mesa: Elias Marques de Medeiros Neto) 10h00 às 10h30 PL 6204/19: a visão da magistratura – Tricia Navarro (Presidente de mesa: Ronaldo Cramer) 10h30 às 11h00 PL 6204/19:  a visão da advocacia – Marcelo Abelha (Presidente de mesa: Ludmila Galvão) 11h00 às 11h20 Encerramento – Paulo Henrique dos Santos Lucon PROGRAMAÇÃO SUJEITA A ALTERAÇÕES

SOBRE O IBDP

O Instituto Brasileiro de Direito Processual Civil foi fundado em agosto de 1958, em Porto Alegre, por uma plêiade de processualistas, seguidores da linha científica do direito processual introduzida no Brasil por Enrico Tullio Liebman

Memórias IBDP

O Projeto Memórias do IBDP foi idealizado com o intuito de perpetuar a história do Direito Processual Brasileiro, por meio de entrevistas com os grandes nomes da área, nas quais são expostas a vida, as influências acadêmicas e os grandes temas de direito processual aos quais cada professor se dedicou, além de algumas curiosidades. Professores consagrados entrevistam os ícones do processo civil brasileiro, como forma de eternizar suas contribuições e inspirar as novas gerações. 

Os vídeos estão disponíveis em um canal aberto. Estudantes, profissionais, professores e interessados no assunto em geral podem acessar e conhecer um pouco mais da história do Direito Processual no Brasil.

Mais Memórias